WWDC 2017 e as previsões do Blog

o iOS 11 terá um visual renovado, interface inédita, ícones arredondados, ou no mínimo um modo de interface escuro, ele será a estrela do show;

Sim, o iOS 11 foi a estrela da manhã, ou melhor dizendo, da tarde, no caso do fuso horário brasileiro. A sonhada nova interface não veio, mas uma hora ela vem, pois o envelhecimento da presente UI gera cada vez mais crítica e desejo nesse sentido. O modo escuro foi oferecido lá na opção de acessibilidades, não da forma como era esperado, mas faz as vezes. Alguns destaques, a reformulação da Central de Controle, o novo app nativo, um gerenciador de arquivos, chamado Arquivos, que por enquanto é bem limitado. A AppStore foi recebeu uma relevante repaginada.

– Um novo iPad também será batizado, com bordas mais finas;

O primogênito da família veio ao mundo conforme os nossos chutes, e não apenas isso, acompanharam diversos incrementos que tornam o iPad um utensílio mais útil e com maiores características de um computador por causa dos recursos disponibilizados com o iOS 11 e outros exclusivos. A crítica foi muito positiva sobre o produto, única ressalva quanto ao preço.

– caixa de som inteligente, lembrando o desenho do Mac Pro;

Sim, a caixa de som inteligente, que custa mais de 300 Trumps chegou gritando e de forma inteligente, pois vem equipada com um processador que faz distribuição calculada do som, baseia-se na posição do aparelho em relação ao ambiente. Uma tela de matar moscas bem cara.

FaceTime de grupo;

Não chegou, provavelmente as redes das operadoras mal aguentam manter uma conexão de FaceTime, quiça várias ao mesmo tempo. A Apple em regra não gosta de lançar meia bocas, apesar das famosas exceções, Apple Maps, por exemplo.

– algum incremento no Apple Music;

Sim, e parece que agora teremos até mesmo maior facilidade em visualizar playlist de amigos…

– leves melhoras no Watch OS, novas Watch Faces;

Exatamente o que aconteceu, o Watch OS ganhou duas novas Watch Faces e pontuais incrementos, mas muito bem-vindos.

– anúncio de novo processador Kaby Lake equipando os MacBooks, com opção de 32GB de RAM;

O upgrade que surpreendeu a todos foi maior que o esperado. Apesar de não oferecer a opção de 32GB de RAM, os novos MacBooks vieram equipados não apenas com um processador melhor, mas bem como um SSD com o dobro de velocidade de leitura. Isso sem falar da substituição dos aceleradores gráficos, as máquinas que tinham a linha 450, 455 e 460 foram substituídas pela linha 550, 555 e 560. As mudanças foram além, pois foram anunciados novos iMacs e um novo iMac monstro, não apenas na configuração, mas também no preço, 4.999,00 doletas.  Um rim não seria o suficiente pra ter um bebê desses, seria necessária a venda de um jato Legacy.

– leves melhoras no Mac OS, que manterá a tradição de ter nomes homenageando lugares da Califórnia;

A Apple não apenas manteve a tradição da nomenclatura, como foi muito honesta ao chamar o “novo” Mac OS de High Sierra, pois se trata de melhoras leves até demais…

Segunda-feira tem WWDC 2017

Segunda tem show? Tem sim senhor! Para quem gosta de tecnologia a semana vai começar muito animada, pois a tradicional keynote da da Apple World Wide Developers Conference, ou WWDC,  vai ser realizada justamente no dia 5 de Junho.

A WWDC é um evento exclusivo da Maçã onde ela apresenta diversas novidades,  entre software e hardware. Na Conferência Mundial de Desenvolvedores é comum a Apple apresentar um preview de seus novos sistemas operacionais e muitas vezes também mostra ao mundo os seus novos artefatos tecnológicos.

Ano passado foi uma edição um tanto monótona, mas dessa vez podemos esperar um acontecimento um pouco mais cativante. Nós apostamos no seguinte:

– o iOS 11 terá um visual renovado, interface inédita, ícones arredondados, ou no mínimo um modo de interface escuro, ele será a estrela do show;

– Um novo iPad também será batizado, com bordas mais finas;

– caixa de som inteligente, lembrando o desenho do Mac Pro;

– FaceTime de grupo;

– algum incremento no Apple Music;

– leves melhoras no Watch OS, novas Watch Faces;

– anúncio de novo processador Kaby Lake equipando os MacBooks, com opção de 32GB de RAM;

– leves melhoras no Mac OS, que manterá a tradição de ter nomes homenageando lugares da Califórnia;

O evento vai ser transmitido ao vivo às 13:30, horário de Brasília. Será possível acompanhá-lo neste link ou na Apple TV. A Apple é rigorosa no horário. Sabemos que muitos estarão ocupados, mas diversos sites fazem a transcrição do evento por texto e fotos. Um deles é o Blog do iPhone, em português, ou sites estrangeiros como o MacRumors, Cult of Mac ou 9to5Mac.

E você, o que espera do evento? Nos deixe a sua opinião!

Signal para iPhone está em ascensão em Washington

Numa era cheia de incertezas para a privacidade, qualquer ferramenta para fortalecê-la é bem-vinda, especialmente nas comunicações.

Esse é o caso do Signal, um mensageiro instantâneo que foi lançado na AppStore com o objetivo de prover maior segurança na troca de mensagens. Esse app utiliza encriptação de ponta à ponta e é um dos poucos endossados por Edward Snowden, famoso por delatar o esquema de vigilância da NSA em 2013, incluindo a colaboração de grandes firmas de tecnologia que culminou em um escândalo de proporções mundiais.

O uso do Signal está arrebanhando a simpatia de usuários muitos poderosos, daqueles que trabalham no pequeno Distrito de Colúmbia, precisamente Washington DC. O Wall Street Journal citou como usuários o ex presidente Barack Obama, a ex Secretária de Estado Hillary Clinton, diversos colaboradores do atual presidente Trump, bem como outros poderosos.

De acordo com a Fortune, em número de downloads, o Signal está bem atrás do Telegram, que concorre com a liderança do WhatsApp, contudo aquele primeiro vem conquistando a confiança do mercado, com crescimento promissor, principalmente quando a comparação é feita pelo aumento da quantidade de usuários ativos. Nessa estatística a diferença entre os dois primeiros apps citados fica menor.

É importante ressaltar que atualmente todos os principais apps de mensagem instantânea aderiram ao uso de criptografia de ponta à ponta. Os dados do FaceTime e iMessage da Apple são criptografados de ponta à ponta e de acordo com a Apple, em resposta ao FBI num caso emblemático, nem mesmo ela conseguiria descriptografá-los. Apesar das supostas medidas de segurança implementadas em diversos apps de comunicação nem todos eles gozam da mesma credibilidade, mesmo aqueles extremamente populares.

E você, o que acha de seu mensageiro? Já experimentou o Signal? Nos deixe os seus comentários.

link do Signal

 

 

 

 

Escolha entre mil papéis de parede para o seu iPhone

Bom dia amigas e bom dia amigos! Uma das limitações bem conhecidas de quem usa produtos da Apple é a limitação das customizações do sistema, cores, ícones, disposição e transição de janelas… a não ser que seja feito o jailbreak, “é branco no branco e preto no preto”.

Um dos poucos recursos que podemos alterar para dar novos ares aos nossos queridos  dispositivos é o de mudança do papel de parede. No caso do iPhone podemos escolher dois papéis de parede. Quanta opção, né!?

A escolha de um papel de parede é um importante toque de pessoal que reflete a nossa individualidade. E vamos confessar, a gente já não aguenta olhar a mesma cara no espelho todo dia, quiça as mesmas telas de iphone.

Existem muitos aplicativos e sites que tem como proposta primordial fornecer wallpapers, mas vamos indicar hoje um perfil do imgur que disponibilizou mais de 900 opções de papéis de parede para animar o seu iPhone. Divirta-se e nos conte o que achou!

Constituição Federal de graça no iBooks

A população brasileira convive com a selvageria, mas até macaco segue uma regra. E na nossa selva a lei máxima é a Constituição Federal de 1988. Que tal tê-la de graça? Conhecer um pouco dessa lei maior é condição essencial para tornamos a palavra “ordem” da bandeira uma realidade.

O Brasil vive um período infausto, crime fora do controle, seja por ação de armas de fogo ou das canetas de engravatados corruptos. Entretanto, existe uma luz no final do túnel. O conhecimento sempre será a luz nas trevas. Portanto, vamos conhecer um pouco a Constituição, ela é um conjunto de regras que estrutura o Estado, o governo; os deveres e direitos de seus cidadãos; dela emana todas as outras leis.

Lassalle dizia que são os fatores reais de poder que definem uma constituição, Carl Schmitt dava a tônica política e Kelsen envergava a teoria pura do direito com a sua perspectiva lógica e positiva. O que interessa agora é o sentido tecnológico da constituição e a força disso está em bytes, em conteúdo digital, ao alcance da palma da mão. Inaugura-se uma nova era para o Direito e para a sociedade, que serão profundamente transmutamos pelos novos horizontes digitais.

Num raio que vai do curioso ao profissional jurídico, todos podem ter em seu domínio um dos melhores livros de fábulas de todos os tempos, a Constituição da República Federativa do Brasil. Com a leitura desse precioso material qualquer um pode transformar a fantasia em realidade e o primeiro passo para isso é conhecê-lo.

Foi uma surpresa enorme encontrar esse título nos livros gratuitos do acervo do aplicativo iBooks, que é um aplicativo nativo do iPhone, vem instalado de fábrica. Porem, o maior espanto foi descobrir que esse volume foi disponibilizado pela Câmara dos Deputados, uma iniciativa digna de elogiosas menções.

O livro digital está bem atualizado e no momento conta com 92 emendas à Constituição (sim, a nossa Carta é mais costurada que o Frankenstein) e possui um versão em inglês. Nenhum usuário de iPhone brasileiro tem desculpa para não conhecer o seu livro pátrio. A seção de livros gratuitos do eBooks pode surpreender com outros livros igualmente interessantes.

Com tantas versões pagas, chega de gastar dinheiro por algo que você pode ter de graça e com toda a qualidade que se espera de um livro digital. E você, já dei uma folheada na Constituição hoje?

Eis o link para para o download da versão em português, Constituição da República Federativa do Brasil

Eis o link para o download da versão em inglês, Constitution of the Federative Republic of Brazil