Apple, Montblanc e a massificação do luxo

Ao perambularmos pelas alas chiques de shopping centers, muitas vezes caminhamos bem próximos das vitrines de lojas da Montblanc. O interior delas é sempre elegante, os seus vendedores bem vestidos e os preços, esses caros. O que contemplamos com os olhos ávidos e com o prazer tátil são produtos resultados de pelo menos 100 anos de tradição. Toda essa atmosfera estimula uma sensação de desejo. E quanto aos artefatos da Apple?

Em um canto não muito distante encontramos lojas da Apple, estas são abarrotadas de gente, com uma disposição de espaço simples, sem luxos, a não ser os seus próprios produtos. Enquanto a marca alemã se originou de caneta tinteiro, a outra nasceu de caixas com circuitos. O tempo é relativo e a evolução tecnológica nos últimos 20 anos foi bem maior na computação que a nas canetas em mais de um século.

A Maçã vende sofisticação e elegância, e foi entregando isso que a Monte Branco montou o seu império. Entre essas duas marcas existem diversas similaridades, o primor compartilhado pela qualidade, um atendimento diferenciado. A grande diferença entre elas é que uma está presa explicitamente ao segmento de luxo. A Apple por sua vez investe em publicidade de massa e até mesmo estimula a compra de seus produtos com programas de trocas, venda de produtos refurbished e descontos para estudantes. É a massificação do luxo!

Quais são as suas considerações sobre a Montblanc e a Apple?

 

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s