A Apple vai proteger a tela do seu iPhone

O mercado de acessórios da Apple movimenta cifras bilionárias. Não é mera coincidência do destino que a Zagg tenha comprado a Mophie, que fabrica cases de iPhones, por U$ 100.000.000,00.

Alguns acessórios são bem supérfluos, mas existem diversos outros essenciais. É o caso da película protetora de tela. Nos EUA, onde eletrônicos são baratos, o preço da película em quiosques e lojas varia entre U$ 10 e U$ 20. É possível comprar marcas desconhecidas no site de comércio Alibaba por U$ 1.

Independentemente da faixa de preço, marca e composição da película, a parte mais enfastiante é na hora de aplicá-la ao device. Às vezes é melhor pagar um preço um pouco mais caro, com uma pessoa habituada a fazer isso pra não desperdiçar o produto, e também não correr o risco daquelas bolhas que estragam a estética da tela.

E alguns cochichos do mundo Apple indicam que a Maçã pretende implementar a instalação das películas em suas próprias lojas. Esse novo serviço é fruto de uma parceria com uma fabricante de acessórios, a Belkin. O processo pretende ser bem rápido e eficiente, com uso de máquina especialmente desenvolvida pra isso, confira o vídeo:

Estima-se que a Apple cobrará algo em torno de U$ 19 e U$ 37, de acordo com o material utilizado e o tamanho do iPhone. Inicialmente isso estará ao alcance no consumidor nas lojas dos EUA e depois em outros mercados.

As “novidades” da Maçã para breve

Geralmente no meio do primeiro semestre, todos os anos, a Apple costuma fazer anúncios acerca de seus produtos e serviços, e este momento está se aproximando. As boas novas não são muitas.

E faz algum tempo os anúncios de Cupertino não costumam ser novidades, uma vez que o menor rumor é exaustivamente explorado por toda a blogosfera bem antes de vir  a concretizar-se, e não nos excluímos dessa assertiva.

Aos que pretendem viajar para os EUA no mês de Marte, Deus da Guerra, de acordo com os Romanos, ou Março, no calendário Gregoriano, saibam que os lançamentos da Apple poderão ser anunciados em data próxima ao dia 15 daquele mês.

O que vem sendo comentado é que o cardápio de produtos e serviços dessa primeira fornada não é tão empolgante, poderá ser anunciado um iPad 3, o iPhone 5SE, o qual já tratamos em post próprio, e algumas pequenas novidades em relação ao Apple Watch, que poderão ser novas customizações, como pulseiras e cores.

O iPhone 5SE apesar de não ser um aparelho singular pode ser uma alternativa bem interessante para quem gosta da pegada de gadgets menores e não seria de surpreender caso eles viessem a gozar de certo sucesso.

Mais empolgante seria se já soubéssemos sobre o destino que vai ter a entrada de fone de ouvido, se ela vai permanecer ou não nos próximos iPhones. Apesar de ser não ser uma informação inédita, a abolição do uso da entrada P2 é algo super interessante e que tende a inovar e muito o mercado.

Dito isso, lembre-se, se algum desses produtos lhe interessa, o envio deles provavelmente se iniciará no mês seguinte, em Abril.

E você o que achou dos anúncios? Nos diga a sua opinião!