Apple Watch, Alibaba, Beats, fatos interessantes, beleza de iPhone…

Apple Watch continua com pouca bateria

Tim Cook foi entrevistado recentemente e o “mistério” em torno da bateria continua o mesmo, ela deverá ser recarregada toda a noite. Isso é algo que sabota a experiência de usuários que fazem uso pesado de seus devices, tornando o Apple Watch literalmente um peso morto no braço. Que até o dia do lançamento a Apple consiga resolver essa problemática. Estamos na torcida, e você?

Um casamento da China, Alibaba e Apple

O fundador do mundialmente e cada vez mais famoso Alibaba, Jack Ma afirmou estar muito interessado no Apple Pay. Esse seria um sonho de casamento para a Maçã, que necessita jogar duro e atacar em todas as frentes pra firmar o seu método de pagamento perante o mundo, especialmente a Ásia, um planeta dentro do planeta. A empresa mais admirada do mundo vem enfrentando uma resistência ao seu sistema de compras em seu próprio quintal, vias de fato ela está no meio de um fogo cruzado entre os bancos e e uma expressiva quantidade de varejistas que não querem a intermediação dos cartões abocanhando uma porcentagem de cada venda. O Alibaba começou a operar na bolsa de valores de Nova Iorque, tendo sido uma das maiores operações financeiras dos últimos anos, algo realmente estrondoso. Esse seria um casamento perfeito, e o valor do Alibaba já subiu mais ainda em virtude desses rumores. Paypal que se cuide… Diga-se de passagem que a única razão da Apple não ter feito uma parceria com ele se resume numa palavra: Samsung, amigo do meu inimigo é meu inimigo também.

iTunes e a Beats salvarão a música

Os relatórios fiscais confirmam o que já era sabido, as vendas de músicas pelo iTunes estão em declínio, isso é uma tendência geral. Essa talvez tenha sido uma das principais razões da aquisição da Beats pela Apple. O novo serviço de stream, de acordo com os fofoqueiros de plantão, deverá ser integrado ao iTunes. Não será a primeira vez de uma manobra assim, uma vez que o próprio iTunes foi comprado no passado pela Apple e passou a ser não apenas um player, mas o maior software de venda de músicas online. E enquanto isso a Apple vai deixando o Spotify e a concorrência cada vez mais bem estabelecidos…

Nada de produtos populares da Apple

Se você foi contagiado de emoção quando em tempos “imemoriais” Steve Jobs prometeu um iPhone a preços bem baratos, “pode tirar o seu cavalo da chuva”, iPhones como o modelo 5C não serão as prioridades da Apple. Greg Joswiak, executivo da empresa de Cupertino, deixou bem claro em conferência recente que: uma das principais caraterísticas da Apple vai permanecer sendo a mesma, qualidade mais importante que quantidade, a Maçã jamais procurará fabricar modelos baixo custo sacrificando o conceito de qualidade tão endeusado pela empresa ao longo de sua existência. Tudo sempre pela melhor experiência do usuário.

Fatos interessantes sobre a Apple

Um especializado em notícias da Apple listou 10 fatos interessantes sobre a empresa, eis alguns: A Apple tem 155 bilhões de dólares em “cash”, que divididos igualmente para cada cidadão dos EUA (319 milhões de pessoas) daria 49 cents para cada cidadão; a soma anterior mencionada poderia possibilitar a compra de 2,384 Gulfstream G650s, com um pouco de combustível; a Apple vendeu no último semestre 5.52 milhões de Macs, o suficiente para abastecer a população inteira de Minnesota; a Apple vendeu 39 milhões de iPhones, o suficiente para equipar todos os habitantes do Canadá; se a Apple fosse um país, seria a 27ª economia do mundo, entre a Bélgica e a Venezuela.

Ex Google exalta a beleza do iPhone 6

Hugo Barra, ex chefe do Android, que por acaso é brasileiro, e agora vice presidente da crescente Xiaomi, afirmou que o iPhone 6 é o smartphone mais belo já fabricado até hoje. A declaração é muito ilustrativa e sincera, pois essa empresa chinesa tem sistematicamente copiado o design da Apple, cujo projetista chefe, Sir Ive, já se manifestou publicamente sobre a postura nada original daquela fabricante, onde não a poupou de críticas bem ácidas. Na Google Hugo era um dos responsáveis por dirigir a clonagem do software da Apple, o iOS, agora na Xiaomi o alvo da clonagem é o hardware. Isso realmente é uma inovação.

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s