Corte decide proteger a patente de arranjo da loja Apple

Bastar entrar uma vez numa loja da Apple para nunca mais esquecer aquela atmosfera envolvente que é provocada pelo capricho bem sofisticado dos designers. Em uma das suas milhares de disputas Apple vinha perdendo uma, o direito de proteger a patente do arranjo de suas lojas na Alemanha.

O país germânico se recusava a aceitar o registro dessa patente e a Maçã recorreu e a Corte Européia decidiu que Cupertino tem o direito de proteger a sua criação, “In its ruling, the Court of Justice said the trademark hinged on three issues: the trademark must constitute a sign, be capable of graphic representation, and be capable of distinguishing the ‘goods’ or ‘services’ of one undertaking from those of other undertakings. The […] court ruled the design met all three criteria of EU trademark law, and approved granting trademark status.”

Fonte: 9toMac

Uma curiosidade sobre o assunto, lá em meados de 2001 ou 2000, na véspera de inauguração da primeira Apple Store, a história é mais ou menos essa: o responsável por essa área se aproximou de Steve Jobs e mostrou preocupação quanto ao design e organização daquele ambiente físico. Steve Jobs ao ouvir a queixa ficou indignado e praguejou que teriam que mudar tudo em decorrência da suposta crítica. Mais próximo do dia da abertura da loja Steve apareceu numa reunião e disse: cancelem a abertura, vamos reformular tudo, vou me retirar agora, mas vocês se orientem pelo presidente de varejo.

Você já entrou numa loja da Apple? Gostou?

Anúncios

Macaco prefere Maçã

Ou está jogando Candy Crush ou está no Whatsapp – Foto de Marsel van Oosten, Holanda

Esse não é um trailer do “Planeta dos Macacos”, mas sim uma imagem que foi indicada para concorrer ao WPY, Wild Life Photographer of the Year; uma premiação para melhor fotografia de vida selvagem.

Talvez a tradução mais ao pé da letra fosse Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano, mas vamos optar pela forma como traduzimos inicialmente. O Evento surgiu em 1965, e está em sua 50ª edição, atualmente é organizado pelo Museu de História Natural de Londres e pela BBC.

A foto acima compõe um conjunto sensacional feito por um fotógrafo holandês que visitou o Parque Jigokudani no Japão, o lar dos macacos da neve. Os nihonzaru, ou saru, como são chamados, vivem na região de Nagano e são mundialmente famosos. Eles já estrelaram inúmeros documentários, propagandas, fotografias e podem ser vistos em diversas imagens de papel de parede e proteção de tela.

Uma cena clássica: um macaco praticamente meditando na água quente numa montanha com neve, esquecemos o nome do documentário. Outros cliques dos macacos da neve e a história da foto podem ser encontradas no link abaixo.

Se tiver preguiça nós contamos o final: sim, o iPhone virou peso de papel, pra macaco.

Mais sobre a história da foto

São diversas imagens concorrendo à premiação, elas são belíssimas e o seu voto pode escolher o fotógrafo vencedor da WPY. Acesse esse link e aprecie as grandes obras da Mãe Natureza sob as lentes de diversos profissionais, a foto do macaco está na oitava coluna, by the way. 😉

O vídeo abaixo tem uma música zen e as estrelas do post em seu habitat:

Fonte: Business Inside

iPhone 6 com sensações ao tocar na tela?

Para uma geração de pessoas que estava habituada aos botões físicos, as novas teclas puramente visuais do iPhone representaram uma mudança significativa. Hoje estamos habitados, mas mesmo para os digitadores mais familiarizados é necessário um certo contato visual para digitar e pressionar o lugar certo. Nos celulares antigos era possível a pessoa redigir textos inteiros de SMS sem precisar olhar para o aparelho. Algumas empresas estudam como proporcionar um pouco do conforto do tato que tínhamos no passado.

A tecnologia dynamic haptic consiste em capacitar a tela do iPhone para promover sensações ao ser tocada. Isso torna a experiência do usuário algo mais elaborado, pois ele ao pressionar o dedo no visor consegue discernir onde está tocando. Esse recurso promove sensações distintas de respostas ao toque.  A Apple havia protegido algumas ideias nesse sentido, mas até hoje não havíamos visto essa inovação em prática.

Confira o vídeo do TED que explica essa tecnologia, existe a opção de legenda em português:

Algumas fabricantes de smart phones tentaram implementar uma versão tosca desse conceito, que consistia em respostas vibratórias aos toques, usando o próprio vibrador dos aparelhos. Existem soluções sofisticadas como a produção de efeitos eletromagnéticos e estática. As pesquisas mais sofisticadas sobre esse tipo de resposta ao toque ainda estão em desenvolvimento.

De acordo com os rumores o iPhone 6 poderá vir com uma tecnologia dessas… Achamos que esse rumor está mais para lenda, “Legends of the Fall”. E você, acredita nisso?

Fonte: MacRumors

iOS 8 Beta 3 Wallpaper

O iOS 8 está nesse momento em seu terceiro beta recheado de recursos pra lá de interessantes. Se você é uma pessoa dependente de Whatsapp, ou participa de grupos, nem que seja apenas para ler as besteiras e visualizar os milhares de vídeos e imagens, pode “tirar o seu cavalinho da chuva”, continue com o seu iOS 7. De acordo com os usuários o Beta 3 continua dando dor de cabeça para quem quer desfrutar plenamente do Whatsapp. Entretanto, você já pode baixar o papel de parede desse novo beta pra enfeitar o seu iPhone. Nós testamos e gostamos desse wallpaper, ele proporciona um visual bem legal na “Tela de início”. O site iClarified o disponibilizou para diversas versões, confira:

iPhone 2G, 3G, 3GS – (320×480)

iPhone 4, 4S – (640×960)

iPhone 5, 5s, 5c – (640×1136)

iPhone 5, 5s, 5c – (744×1392)

E você o que achou?

Robôs, morte e mapas

A Foxccon havia anunciado no passado que pretendia substituir gradualmente a mão de obra humana por robôs, parece que essa pretensão vai ler mais tempo.  Os robôs estão sendo implementados, mas a mão de obra não está sendo substituída. Os “Foxbots” como estão sendo chamados vão apenas dar suporte à mão de obra humana, pelo menos num primeiro momento. Fonte: Gforgames

Uma notícia bem triste, uma menina de 15 anos morreu ao tentar impedir o roubo de seu iPhone. Rubi Rubio passeava com a sua irmã de 7 anos numa rua em Santa Ana, Estados Unidos, quando foi roubada. O bandido fugiu numa camionete e a infante pulou sobre o veículo do bandido para tentar impedir a sua fuga. Uma segunda pessoa que dirigia o carro em fuga fez manobras para derrubar a menina, que caiu e faleceu e decorrência dos ferimentos causados pela queda. Fonte: Latimes

A Maçã se livra de mais uma reminiscência da Google em seu dispositivo móvel. O Google Maps no aplicativo da Apple Find My Friend (Amigos), que localiza os seus amigos, foi substituído pelo Apple Maps. Essa exclusão segue a tendência de distanciar o iOS da zona de influência da googleniana.