O luxo da safira poderá se tornar mais acessível por causa da Apple

Dicionário Informal: “A safira é um mineral do óxido de alumínio. Pode ser encontrada na natureza em forma de rocha ou pode ser produzida de forma sintética”

Muitos leitores já devem ter parado pelo menos uma vez na vida para admirar uma safira. A palavra safira vem do persa saffir, do árabe safir e do grego sapphiros (que significa amado de Saturno). Na língua inglesa é conhecida como sapphire. Essa pedra preciosa tem um significado místico, ela também é conhecida como “a pedra da boa sorte do destino”. Na tradição judaica foi com safira que as letras dos dozes mandamentos teria sido escrita.

A foto acima mostra a famosa Estrela da Índia, pode ser admirada em um dos museus mais legais do mundo, o Museu de História Natural, American Museum of Natural History, em Nova Iorque.

A safira natural é uma jóia muito cobiçada, tendo sido usada como ornamento de status desde os primórdios da civilização humana, patrícios romanos, realeza européia; a aliança da Lady Diana foi feita de safira. Na escala de Mohs, que mede a resistência dos minerais, a safira está na terceira posição,  9.25, atrás do diamante que está na primeira 10. No presente, as aplicações desse mineral são vastas e não se limitam a ornamentação.

É comum ao pesquisar relógios de luxo notar que os mais caros usam vidro de safira, mas atenção, trata-se de safira sintética, que mesmo não sendo a natural tem um custo mais caro, mas isso vai mudar um pouco.

A safira poderá se tornar um componente básico essencial dos produtos da Maçã, muito mais que isso, a empresa de Cupertino vai provocar uma revolução no uso da safira, assim como fez com o alumínio no passado. De acordo com diversos rumores a Maçã foi bem sucedida em um novo método de produção em massa de safira. Esse fato vai conflagrar uma verdadeira transformação na sociedade, pois os custos da safira vão ser drasticamente reduzidos e isso vai se refletir em equipamentos industriais, médico-hospitalares, equipamentos domésticos, eletrônicos e é claro, mercado de bijuterias também. Vai ser um efeito em cascata.

Observação: É até injusto chamar a safira sintética de bijuteria, pois ela tem a mesma dureza, e além disso é menos impura.

Foto: Macrumors

Atualmente a safira é usada como componente na superfície de identificação digital do iPhone 5S, mas ela está sendo usada na produção do iPhone 6, e não apenas naquele pequeno botão circular, mas também nas telas do iPhones 6, do futuro Apple Watch, e a melhor notícia é que não vai faltar safira. Se o iPhone já era uma jóia, vai se tornar literalmente um tesouro! De acordo com as fontes, a Apple está com capacidade de produção de 200 milhões de telas de safira.

Fonte: Macrumors

Anúncios

3 comentários sobre “O luxo da safira poderá se tornar mais acessível por causa da Apple

  1. Pingback: Adeus película, iPhone 6 vem aí | Comentários do Mundo Apple

  2. Pingback: Adeus película? iPhone 6 vem aí | Comentários do Mundo Apple

  3. Pingback: Ming-Chi Kuo faz as suas previsões para o novo iPhone 6S, ou iPhone 7 | Comentários do Mundo Apple

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s